4 momentos mais criticados em Attack on Titan! (segundo fãs)

 4 momentos mais criticados em Attack on Titan! (segundo fãs)

Attack on Titan é uma das obras de mangás mais reconhecidas atualmente, possuindo uma legião de fãs fiéis. Sabemos que a narrativa é alvo de muitos elogios e que conquistou não só o público japonês, mas também do mundo todo, visto que, com mais de 100 milhões de cópias impressas em 2019, se tornou um dos mangás mais vendidos de todos os tempos.


Entretanto, como toda grande obra, com Attack on Titan não foi diferente, já que a série teve seus momentos de duras críticas e, até mesmo, grandes decepções para aqueles que acompanham a história. Visto isso, apontaremos aqui 4 momentos mais criticados em Attack on Titan, segundo opiniões de fãs em fóruns.

Confira!

ATENÇÃO: Este artigo contém SPOILER do mangá de Attack on Titan!

1. O final inseguro

(Imagem: MangáYabu)

Lançado somente no mangá, o encerramento da série foi duramente apontado com muitas incoerências. Assim, em entrevista, o autor revelou que até mesmo ele se sentiu decepcionado e confessou que teve muitas inseguranças ao escrever a finalização do mangá.  

Um momento bastante citado pelas críticas aconteceu no capítulo 138 do mangá, onde, após o Estrondo causado por Eren Jaeger, todos os eldianos do universo foram transformados em titãs irracionais, mas, para infelicidade de alguns, logo no capítulo posterior, todos voltaram a ser humanos novamente. Assim, o momento mais impactante do final foi totalmente anulado sem explicação alguma e, por esse motivo, foi considerado pelos fãs pouco corajoso da parte do autor.


2. Personagens esquecidos

(Imagens: Crunchyroll e MangáYabu)

A partir do arco de Marley, na 4º temporada, alguns novos personagens foram apresentados, sendo minimamente desenvolvidos, como Gabi e Zeke Jaeger.

O desenvolvimento dos personagens em Attack on Titan é bastante criticado pelos fãs, visto que, o autor oferece momentos de bastante visibilidade e importância para eles, mas no fim não há um desfecho coerente, como no caso de Historia, que em determinado período da narrativa se tornou a “peça chave” e depois foi esquecida. Tenso, não?

3. Um “romance” que não rolou

(Imagem: Crunchyroll)

Outro ponto bem questionado, já comentado aqui, foi o romance entre Eren e Mikasa. Ficou confuso? Pois é, não aconteceu, haha!


Nas últimas entrevistas, Isayama confessou que era para acontecer, de fato, uma relação amorosa entre os personagens, mas que não conseguiu desenvolver por insegurança. No último capítulo da obra, o autor resolveu retomar a ideia e deu um desfecho para os dois, como compensação. Isso deixou os fãs bastante confusos, afinal, quem acompanha a história sabe que não há momentos suficientes para construir essa relação aí, não é mesmo?

4. Vilão ou não? Eis a questão!

(Imagem: Crunchyroll)

Sendo talvez a maior crítica sobre o rumo que tomou a história, o destino de Eren Jeager entre a busca pela liberdade e se tornar um vilão deixou tudo bastante confuso! A mudança do personagem foi extrema e teve um fim não muito coerente também, com a redenção de Eren no final do capítulo 139. No fim, os dois lados que tinham opiniões diferentes (vilão x mocinho) acabaram ficando insatisfeitos!

Vale ressaltar que essas são opiniões de fãs recolhidas em fóruns!

Já deu pra perceber que a maior parte das críticas foram sobre o final, né? Realmente, Attack on Titan já acabou faz algum tempo, mas ainda divide opiniões. Isso mostra o poder da obra!

E aí, você concorda com alguma crítica? Na sua opinião, quais foram os momentos mais decepcionantes de Attack on Titan? Deixe nos comentários!

Comentários

Assuntos Relacionados